Padre do Brejo cita nominalmente deputados em quem católicos não devem votar

A missa celebrada neste domingo, 6, pelo Padre Adauto Tavares, de Pirpirituba, teve repercussão para além do brejo paraibano. É que na homilia, o religioso falou sobre a crise política brasileira e chegou a citar nominalmente os deputados nos quais, segundo ele, os católicos não devem votar. Padre Adauto explicou que os parlamentares foram favoráveis à permanência do presidente Michel Temer (PMDB), classificado por ele de “ladrão”: “Ele, para mim, não é muito diferente de Fernandinho Beira-mar. E quem votou a favor de Temer são iguais. Vou fazer um pedido aos paraibanos, na igreja ou pelo rádio, em nome de Cristo, nunca mais votem em Aguinaldo Ribeiro, André Amaral, Benjamin Maranhão, Efraim Filho, Hugo Motta, Rômulo Gouveia e Wilson Filho que inventou que perdeu um avião para não votar. Nunca mais votem nesses homens porque eles não merecem nossos votos. Eles votaram a favor de um ladrão. Peço também aos prefeitos da região que não votem nesses homens. Tirem-nos da política”, disse o padre.
Ele acrescentou que nunca votou em nenhum dos parlamentares que citou e perguntou aos fiéis se eles estavam feliz com o Brasil. “Olha o que o presidente fez com a reforma trabalhista e vem ai previdenciária. E você ainda vai votar nesses homens?”, enfatizou o padre Adauto.

Parlamento PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *