Em Cajazeiras, doze lojas fecham as portas no Calçadão da Tenente Sabino – .:: DESTAQUEPB.COM.BR ::.

Em Cajazeiras, doze lojas fecham as portas no Calçadão da Tenente Sabino

Doze lojas com as portas fechadas no Calçadão da Tenente Sabino, em Cajazeiras, tem chamado a atenção de transeuntes.

Além do Calçadão, a mesma realidade pode ser observada em outras ruas do centro da cidade de Cajazeiras.

O lojista e líder classista Irlânio Cavalcante, proprietário da Ivone Boutique, no Calçadão, atribuiu essa situação à grande econômica que o país atravessa e que já se arrasta por vários anos.

El disse que pela primeira vez na história do Calçadão registrou-se um número tão elevado de lojas e outros estabelecimentos comerciais fechados.

Conforme ele, alguns comerciantes não estão conseguindo cobrir as despesas, que são elevadas, diante da paralisia no comércio, como por exemplo o valor elevado dos aluguéis. O problema é que mesmo diante dessa crise toda, os proprietários não baixam os valores dos aluguéis, sendo que alguns preferem ficar seis meses com os prédios fechados, mas não baixam os preços.

Também os impostos e encargos sociais que pesam muito nas contas dos comerciantes e lojistas da cidade e certamente do país inteiro, já que a crise é nacional, apesar da diminuição de gastos com a redução do quadro de pessoal, por exemplo. Outro problema é a inadimplência, que é muito alta, tendo em vista que muitos consumidores compram, entretanto, não conseguem pagar.

Irlânio disse que a situação econômica do país é muito grave e não vislumbra uma reação a curto prazo. O custo de vida está muito elevado e o orçamento da população termina ficando muito apertado, inviabilizando a compra de alguns produtos, especialmente bens duráveis.

Gazeta do Alto Piranhas (Foto: Alto Sertão)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *